Projecto CIFESP – Riscos Psicossociais

Designação do Curso – Introdução aos Factores de Risco Psicossociais no Ambiente Laboral

Enquadramento: Os riscos psicossociais afectam não só a saúde das pessoas através de mecanismos emocionais, cognitivos, comportamentais e fisiológicos, como também têm fortes impactos nas organizações pelo aumento de absentismo laboral e baixa de produtividade. Assim, importa formar nesta matéria para que daí possa resultar capacidade de prevenção para os mesmos. Este curso faz uma abordagem sobre a adaptação do trabalho ao homem, com vista a, nomeadamente reduzir os riscos psicossociais, conforme determinado na al. g) do art.º 15.º da Lei n.º 102/2009, de 10 de Setembro, e na sua última redacção a Lei 3/2014 de 28 de Janeiro, cumprindo um imperativo legal estabelecido na Directiva-Quadro 89/391/CEE, reforçado por acordos-quadro com os parceiros sociais sobre stresse no trabalho e sobre assédio e violência no trabalho.

Objectivos Gerais da acção de formação: Dotar os formandos de conhecimentos e aptidões necessárias para no âmbito dos riscos psicossociais em organizações saber: avaliar; identificar; conhecer e compreender a análise e avaliação; desenvolver competências que facilitem o processo de implementação do um programa de intervenção; dominar alguns indicadores de monitorização e gestão dos elementos diagnosticados.

Objectivos específicos da acção de formação: No final da acção de formação os formandos ficarão aptos a:

  1. Saber identificar riscos psicossociais através da compreensão dos conceitos e dos mecanismos de avaliação;
  2. Compreender a legislação portuguesa e europeia existente sobre esta temática e sobre a promoção da segurança e saúde no trabalho;
  3. Inventariar as causas dos diferentes tipos de riscos psicossociais no local de trabalho;
  4. Ter consciência das consequências dos riscos psicossociais;
  5. Conhecer e compreender a análise e avaliação dos riscos psicossociais;
  6. Perceber a importância da avaliação de riscos no trabalho;
  7. Descrever o processo de avaliação de riscos;
  8. Desenvolver competências que facilitem o processo de implementação do um programa de intervenção;
  9. Conhecer alguns indicadores de monitorização da gestão em riscos psicossociais;
  10. Identificar e caracterizar os vários modelos/metodologias de avaliação (entre outros, COOPSOC, S-ISW, GM@W, Check Lista da ACT)
  11. Estruturar metodologias de prevenção;
  12. Identificar actividades para a promoção de um local de trabalho saudável e positivo.

Conteúdos Programáticos

  • Módulo 1 – Apresentação (Programa, Conteúdos, Objectivos, Legislação de suporte)
  • Módulo 2 – Conceitos I (Ambientes de trabalho não saudáveis: stresse negativo e burnout como consequência dos Assédios (moral e sexual), Violência (física e verbal), Discriminação, Desigualdade)
  • Módulo 3 – Conceitos II (Ambientes de trabalho saudáveis: Equipas de trabalho positivas, Liderança e comunicação positiva, cultura de segurança e saúde, engagement, otimismo, satisfação, confiança, capital psicológico)
  • Módulo 4 – Dimensão do problema (realidade nacional e europeia em números; abrangência)
  • Módulo 5 – Diagnóstico (o que se pode fazer para identificar e enquadrar o problema nas organizações – absentismo, acidentes de trabalho, produtividade, turn over, conflitos)
  • Módulo 6 – Avaliação (que tipo de ferramentas de GRH podemos utilizar para proceder á avaliação)
  • Módulo 7 – Mesa Redonda

Carga horária: 30h

Módulos 1 a 7: 5 semanas; 10 sessões presenciais de 3 horas.

Data prevista para o início do curso: (1 de Outubro de 2019)

Data prevista para o término do curso: (11 de Novembro de 2019)

Sessões previstas: 1, 3, 8, 10, 15, 17, 22, 29 e 31 de Outubro e 11 de Novembro

Horário: 19:30/22:30 às terça-feira e quinta-feira.

(inclui coffee break de 15 min – café, biscoitos, bolachas, fruta fresca, sumo e água)

Destinatários da acção de formação: Técnicos e Técnicos Superiores de SST, Psicólogos, Outros profissionais da área das ciências sociais e humanas, Representantes dos trabalhadores e do empregador, Consultores e Auditores de SST, Formadores de SST, Médicos do trabalho, Sociólogos, Enfermeiros, Técnicos de saúde, Responsáveis e técnicos de gestão de recursos humanos, Gestores, Supervisores e colaboradores de diversas áreas.

Metodologias de formação: Na componente teórica do curso será privilegiado o Método Expositivo para a transmissão dos conceitos fundamentais, sendo complementado pelo Método Interrogativo. Na componente de prática simulada a aposta será no Método Activo.

Critérios de avaliação – Os formandos serão avaliados pela capacidade de aquisição de conhecimentos teóricos no decorrer da acção de formação, sendo este o critério-chave de avaliação das aprendizagens. No final do módulo 6 (conclusão da componente teórica) será realizado um teste, no qual os formandos terão de obter obrigatoriamente a classificação mínima de 10 valores. Esta nota terá um peso de 100% na classificação final de cada formando.

Modalidades de Formação – Formação – acção (contínua)

Forma de organização – Presencial

Espaços e Requisitos Logísticos – Sala devidamente equipada, climatizada, boa acústica, boa luminosidade, com capacidade para a totalidade dos formandos.

Recursos Materiais e Pedagógicos – Computador com acesso à internet, videoprojector, tela de projecção.

Número mínimo de formandos: 10; Número máximo de formandos: 16.

Local de realização: Póvoa de Santa Iria

Custo do curso: Inscrição: 50€ (a pagar no acto de inscrição), Frequência: 350€ / formando

Formas de pagamento: Imediato (desconto de 25€) 325€, Fraccionado: Antes do início do curso: 200€, até ao final do curso: restantes 150€.